Seja interessante, não interesseiro

networking

Outro dia desses tinha uma pessoa no LinkedIn reclamando que muita gente não aceita convite para se conectar com profissionais que estão desempregadas e buscando novas oportunidades.

Ela dizia que isso seria uma falta de sensibilidade e que no futuro essas pessoas que não aceitaram os convites também poderia precisar de ajuda para se recolocar. Continuar lendo “Seja interessante, não interesseiro”

Tecnologia que emociona

maxresdefault

Impressiona quando a tecnologia é desenvolvida tendo como referência o ser humano. Não usei aqui as palavras cliente, consumidor e usuário propositalmente e vou explicar o porquê.

Quando os produtos digitais são feitos tendo em vista o ser humano, ele vai além da usabilidade e acaba conseguindo emocionar. Existem diversos estudos relacionados ao tema design emocional, mas esse breve post não é para ficar teorizando sobre o tema. Continuar lendo “Tecnologia que emociona”

Empreendedorismo: metas e a zona de conforto

img_3199Uma das principais sensações de quem deixa de exercer uma função executiva, estando empregado em uma empresa, e decide se tornar empreendedor é a total falta de uma zona de conforto.

Essa situação se reflete em diversos aspectos do dia a dia, desde coisas mais simples, como ter que resolver quase tudo sozinho, até as mais complexas, como ter que lidar com situações que eram até então desconhecidas. Continuar lendo “Empreendedorismo: metas e a zona de conforto”

Ser ou não ser empreendedor? Eis a questão

shakespeare-970421_1920

Muitas pessoas que cresceram profissionalmente trabalhando em grandes empresas vivem um dilema eterno: seguir na “segurança” da carteira assinada ou montar seu próprio negócio. Quase sempre tratam essa questão como uma dúvida entre viver o sonho de um negócio próprio ou a realidade de ter que pagar as contas no final do mês.

Eu mesmo, confesso, pensei muitas vezes sobre isso. Num primeiro momento sequer me dei conta de que minha dúvida era sobre empreender ou não. Às vezes é difícil imaginar uma situação se você não está familiarizado com ela. Explico: como saber que a minha insatisfação no trabalho estava relacionada à vontade de empreender e não de simplesmente trocar de empresa? Continuar lendo “Ser ou não ser empreendedor? Eis a questão”

Vida de Empreendedor: o início

20140507-dinheirama-erros-sonho-ficar-ricoTenho usado esse blog para dividir com as pessoas alguns aprendizados pelos quais passei e que acredito poderem ajudar outros a avançar. Algumas vezes escrevi sobre como consegui resolver problemas em equipamentos eletrônicos, outras vezes dei dicas de como preservar a privacidade de pessoas amadas e em alguns casos tentei desmistificar temas que são tidos como senso comum entre as pessoas.

Faço isso pois considero que um dos principais papéis da rede mundial de computadores seja o de compartilhar conhecimento. Acredito que, mesmo sendo uma gota no oceano, esses meus posts podem ajudar algumas pessoas. Continuar lendo “Vida de Empreendedor: o início”

Como publicar fotos de crianças de forma segura

 

child-20255_1280
Imagem: Pixabay

A popularização da Internet e de suas diversas ferramentas, como redes sociais e blogs, fez com que se tornasse muito fácil compartilhar fotos de nossos filhos, netos, sobrinhos, afilhados e afins, com parentes no mundo inteiro.

Até aí tudo bem, afinal quem não tem orgulho de ver suas crianças crescendo e se desenvolvendo? O problema é que quase sempre essas fotos também estão disponíveis para outras pessoas na rede e podem acabar caindo em mãos erradas, como pedófilos e outros tipos de criminosos. Continuar lendo “Como publicar fotos de crianças de forma segura”