O risco do excesso de publicidade

Para quem achou que o jornal impresso estava morto, lá vem ele de novo!
Imagem: Divulgação

Os jornais impressos precisam ficar atentos à quantidade de anúncios em suas páginas. Por mais paradoxal que possa parecer, a quantidade excessiva de anúncios pode prejudicar o negócio.

Isso porque o leitor pode se sentir lesado ao abrir seu exemplar em busca de textos jornalísticosrelevantes e se deparar apenas com conteúdo publicitário. Foi o que relatou o arquiteto Silvio Oksman, de São Paulo, de acordo com o blog Webmanário.

Na situação atual em que se encontram boa parte dos periódicos diários, o maior risco é de entupir as páginas de anúncio a um preço muito baixo, o que gera insatisfação por parte do público leitor e rendimentos pouco relevantes para compensar esse tipo de problema.

Os jornais impressos seguem sendo uma das mídias mais relevantes – mesmo num país onde a leitura tem espaço limitado – e por isso não deveriam entregar suas páginas a qualquer anunciante que se disponha pagar apenas um preço de banana.

Não é uma questão fácil, mas os jornais devem valorizar o produto que têm em mãos e respeitar o leitor ainda fiel ao seu editorial.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s